5 problemas causados pelas garrafas PET que evidenciam a importância da reciclagem

As garrafas PET são aquelas utilizadas nos refrigerantes, sucos e até mesmo água mineral. Tratam-se de um material que foi criado com o objetivo de ajudar a manter determinados líquidos guardados em um recipiente seguro, que não apresenta tanto risco de quebrar durante o transporte ou armazenamento.

Embora sejam 100% recicláveis, ainda há muita gente que descarte as garrafas PET no meio ambiente em vez de as encaminhar corretamente para a coleta seletiva. Essa é uma atitude que faz com que elas representem um perigo não apenas para a natureza, mas para a saúde do ser humano.

5 problemas causados pelo descarte incorreto de garrafas PET

Conheça a seguir cinco dos principais problemas associados ao descarte incorreto de garrafas PET, que evidenciam a importância de reciclar esse material:

Redução da biodiversidade nos oceanos

Quando chega nos oceanos, a garrafa PET demora mais de 400 anos para se decompor. Durante esse processo, ela se transforma em microplásticos, que muitos animais marinhos confundem com pequenos pedaços de comida. Este material pode ser altamente tóxico para diversas espécies, sendo responsável pela morte de diversos animais e pela consequente redução da biodiversidade nos oceanos.

Aumento da quantidade de lixo nos aterros

Quando é descartada no lixo comum, a garrafa PET acaba sendo levada para os aterros sanitários, onde permanecerá até se decompor completamente. Vale lembrar, entretanto, que o tempo de decomposição deste material é muito longo e, quanto mais garrafas PET são descartadas no lixo comum, maior é a quantidade de lixo acumulado nos aterros sanitários. Ainda assim estamos contribuindo com a poluição.

Aumento da poluição das ruas

Algumas pessoas fazem pior do que não encaminhar as garrafas PET para a reciclagem e simplesmente descartam o lixo diretamente nas ruas. Quando isso acontece, o material polui as cidades e contribui diretamente para o aumento das enchentes e a formação de lixões em terrenos baldios. Como resultado, há diversos transtornos à população, que sofre com a presença de ratos, baratas e diversos outros animais transmissores de doenças.

Morte de aves e mamíferos marinhos

Não são apenas os peixes e animais que vivem dentro da água que são afetados pela presença de garrafas PET nos oceanos: diversas aves e mamíferos marinhos também podem morrer por conta do material — seja enroscando seus bicos ou outra parte do corpo na garrafa, seja consumindo suas partículas.

Aumento da quantidade de algas no oceano

Os componentes que constituem uma garrafa PET podem causar um grande desequilíbrio na população de algas dos oceanos, fazendo com que elas aumentem em quantidade exagerada. Como resultado, há uma redução da quantidade de oxigênio na água e perda de espécies que vivem no local.

Qual a importância da reciclagem de garrafas PET

Como você pode perceber, uma garrafa PET leva muitos anos para se decompor e, até que isso aconteça, ela pode causar vários danos aos animais e às pessoas. Por isso, é fundamental encontrar formas de reutilizar ou reciclar as garrafas PET ou sempre tomar o cuidado de descartá-las no lixo reciclável, de modo a garantir que elas sejam devidamente encaminhadas sem causar prejuízos ao meio ambiente.

Fonte: http://www.pensamentoverde.com.br/reciclagem/5-problemas-causados-pelas-garrafas-pet-que-evidenciam-importancia-da-reciclagem/

Desenvolvido por GorillaCo.